TRABALHO COM OS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO

É preciso desmistificar as artes, estimular o gosto pelo teatro e o sentido crítico dos jovens. Já lá vão dez anos desde que o Teatro do Montemuro começou a convidar as escolas para o Espaço Montemuro. O projecto cresceu e hoje as escolas integram esta actividade nos seus planos de actividades e ano após ano visitam a aldeia para viverem esta experiência. Ao trabalhar com os mais jovens a companhia faz com que neste tipo de experiência teatral o jovem espectador não se limite a assistir a um espectáculo no palco, “obrigando-o” a pensar, a formar opiniões, a exprimi-las em palavras, acções, imagens ou sons.

Esta iniciativa pretende mostrar esta realidade do teatro a novos públicos, aos jovens, mostrando e explicando o processo de montagem, desde a criação dos textos até à configuração dos adereços, tudo num dia muito intenso que começa obviamente com a apresentação da peça. Depois de uma conversa de apresentação da equipa e do projecto entre actores, encenador, alunos e professores, segue-se uma visita aos vários departamentos: oficina, camarins, escritórios, palco, arquivo, parte técnica, etc. Após uma pausa para o almoço, a tarde de trabalhos inicia-se com vários jogos, explorando a expressão dramática. A tarde termina com uma apresentação resultante dos jogos, exercícios e improvisações feitos pelos alunos.

Para muitos dos jovens que vêm até ao nosso espaço este é o primeiro contacto que têm com o teatro, para outros, começa já a ser visita habitual e começam a conhecer melhor o trabalho da companhia.

O Teatro do Montemuro quer continuar a trabalhar para fortalecer esta missão (e dever) de serviço público.